JULHO 2015
CRIANÇAS PORTUGUESAS ESTÃO CADA VEZ MAIS SEDENTÁRIAS
As crianças portuguesas entre os sete e os nove anos estão cada vez mais sedentárias, o que constitui um elevado risco para a obesidade infantil, segundo as conclusões de um estudo da Universidade de Coimbra.
O estudo foi desenvolvido por uma equipa de investigadores do Centro de Investigação em Antropologia e Saúde (CIAS) da Universidade de Coimbra, tendo as conclusões apontado para um maior sedentarismo nas crianças naquela faixa etária, resultados que a coordenadora da investigação, Cristina Padez, considera como "assustadores", devendo, por isso, os responsáveis políticos criar uma estratégia para combater este problema.
A investigadora adiantou que as conclusões do estudo apontam para o facto de o número de crianças que vê televisão mais de duas horas por dia ter aumentado 12% durante a semana, 15% ao sábado e 17% ao domingo entre 2002 e 2009.

"As crianças cujos pais têm baixo nível de instrução são as que passam mais tempo a ver televisão", adiantou Cristina Padez, frisando que, no que diz respeito ao uso do computador, "a situação piora".

"Enquanto em 2002, as crianças pobres praticamente não utilizavam o computador, em 2009, cerca de 19% destes miúdos gastou mais de duas horas por dia no computador, refletindo o 'efeito Magalhães', em resultado da estratégia do Governo de atribuir estes dispositivos [computadores] aos alunos do ensino básico", sublinhou a investigadora.

FONTE: JORNAL DE NOTÍCIAS




 


seara.com
 
2009 - Farm´cia Caniço
Verified by visa
Saphety
Paypal