JUNHO 2017
PORTUGAL É LÍDER EM SAÚDE E BEM-ESTAR INFANTIL, REVELA RELATÓRIO
Portugal é o país que apresenta melhores índices de saúde de qualidade e bem-estar das crianças entre os Estados mais desenvolvidos, embora na classificação geral sobre situação das crianças apareça na 18.ª posição.
Os números fazem parte do último relatório da UNICEF sobre a situação das crianças nos 41 países considerados mais ricos, incluindo os da União Europeia e da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico). Uma em cada cinco crianças nestes países vive em situação de pobreza.
“Construir o Futuro: As crianças e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável nos países ricos” é o tema do relatório, o primeiro que avalia a situação das crianças nesses 41 países relativamente aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável identificados como os mais importantes para o bem-estar das crianças.
Na posição 18 em termos gerais, Portugal aparece quase sempre em posições de pouco destaque, sendo a posição 32 a mais baixa, no critério 'erradicar a fome', mas obtendo o primeiro lugar nos critérios 'saúde de qualidade' e 'bem-estar', e ainda no critério 'consumo e produção responsáveis'.
A posição cimeira é justificada por uma taxa de mortalidade neonatal baixa, uma taxa de suicídio de adolescentes também baixa e poucos casos de crianças entre 11 e 15 anos com problemas psicológicos. E depois tem também das taxas mais baixas (a segunda mais baixa) de crianças que consomem álcool e uma taxa a baixar acentuadamente de casos de gravidez na adolescência.

Obesidade infantil elevada
De acordo com o documento, a 32.ª posição no critério 'erradicar a fome e garantir uma alimentação de qualidade' indica que no país 18,2% das crianças menores de 15 anos vivem com um adulto que enfrenta insegurança alimentar. Portugal tem também a quinta taxa de obesidade infantil mais elevada.

FONTE: LUSA

 


seara.com
 
2009 - Farm´cia Caniço
Verified by visa
Saphety
Paypal