DEZEMBRO 2009
DOENÇAS REUMÁTICAS AFECTAM 5,9% DOS TRABALHADORES PORTUGUESES
O primeiro estudo epidemiológico realizado em Portugal sobre a prevalência de lesões músculo-esqueléticas relacionadas com trabalho sugere que 5,9% dos trabalhadores, o equivalente a cerca de 220 mil pessoas, sofrem de doenças reumáticas provocadas pelo trabalho.

As lesões mais frequentes encontram-se ao nível da coluna vertebral (na zona lombar, cervical e dorsal), com estas a serem mais frequentes nos sectores da construção civil, indústria metalomecânica e pescas, e dos membros superiores (ombros, mão e cotovelo).

O estudo foi levado a cabo por três investigadores: Luís Cunha-Miranda, do Instituto Português de Reumatologia, Filomena Carnide, da Faculdade de Motricidade Humana e Fátima Lopes, da Sociedade Portuguesa de Medicina do Trabalho, tendo sido patrocinado pela Direcção-Geral de Saúde.

Os investigadores contactaram as 822 empresas portuguesas com mais de 250 trabalhadores e enviaram aos médicos do trabalho um questionário sobre a incidência deste tipo de lesões. Responderam 515 empresas, num total de 410.496 trabalhadores, o correspondente a 11% da população activa do país.


 


seara.com
 
2009 - Farm´cia Caniço
Verified by visa
Saphety
Paypal